sábado, 1 de maio de 2010

Poema: Bom Dia, Tristeza


Para Amanda Macedo... 

Bom dia, tristeza 
Que tarde, tristeza
Você veio hoje me ver
Já estava ficando
Até meio triste
De estar tanto tempo
Longe de você

Se chegue, tristeza
Se sente comigo
Aqui, nesta mesa de bar
Beba do meu copo
Me dê o seu ombro
Que é para eu chorar
Chorar de tristeza
Tristeza de amar


(Vinicius de Moraes / Adoniran Barbosa)

8 comentários:

  1. lindo...simplismente lindooo!

    ResponderExcluir
  2. é como imaginar uma tarde triste numa varanda de frente pro mar na companhia da tristeza. :)

    ResponderExcluir
  3. Seu blog tem todo um estilo proprio de ser!!!

    O blog é assim, tem que ser nossa casa e a nossa cara!!
    Bjs*

    ResponderExcluir
  4. Muito Obrigado! Compartilho da mesma opinião que vc.

    ResponderExcluir
  5. Passando por aqui li um pouco e gostei dessa temática, eu já escrevi muitas coisas desse tema também, mas agora não é tanto, que bela essa poesia, transforma a tristeza em algo meio material.

    Boa Noite! =)

    ResponderExcluir
  6. gosto muito do vinicius e essa composição então é magnifica

    seu blog tem um aura sombria, a la lorde byron e eu gosto disso

    ResponderExcluir
  7. muito bom. adorei *-*

    ResponderExcluir
  8. querido parceiro,
    sou o dono de 'ebriedades', e venho aqui te comunicar que tal endereço foi roubado.
    se puder, visita o novo
    (www.e-brio.blogspot.com)
    reiniciei o blog, tem o mesmo aspecto e intenção e já faço propaganda do seu lá.
    se puder, muda o endereço do meu na sua propaganda e segue :)

    à propósito, seus texto sempre me parecem coisas que eu acho bem dentro de mim.
    gosto muito de todos eles, e esse do vinicius é lindo.
    obrigado e abraços :D

    ResponderExcluir